domingo, 18 de setembro de 2016

Em uma programação especial

Ontem tivemos a oportunidade de rever amigos e de tocar juntos numa programação especial do grupo chamado Desbravadores (semelhante ao dos Escoteiros, mas com uma conotação de ministério jovem religioso) em nossa antiga igreja na região do Gama, DF.
Estava presente também uma orquestra de flautas e havia instrumentistas convidados.
Ensaio, apresentação e confraternização foram muito agradáveis.
Aprecio muito tocar em grupo.
Uma das músicas apresentadas foi Ao olhar pra cruz, de Suzanne Hirle, que expressa uma reflexão sobre a mensagem cristã da cruz.
Assistam a estes vídeos de ensaio e apresentação.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Numa orquestra de alunos

Como instrumentista do piano, tocava geralmente sozinha. Algumas vezes na igreja, com  outros instrumentistas, mas sozinha no naipe, pois só há um piano no grupo. Agora, como aluna de violino, me vejo tocando em conjunto num naipe de violinos numa orquestra de alunos.
Neste semestre, matriculei-me na disciplina Prática de conjunto. Os alunos de violino nessa disciplina estudam em uma orquestra de instrumentos de cordas formada por alunos, cujo maestro é o professor Danilo e que conta com dois outros professores auxiliando nos diversos naipes. É a orquestra chamada Caliandra.
Já estamos aprendendo duas das músicas, uma das quais é Canção da Índia, de Rimsky Korsakow e outra é a música Que dirán, de A. Piazzolla.
Vejam algumas fotos da orquestra Caliandra em ensaio na última semana. Estou no segundo violino, com o casaco quadriculado. Vejam também um vídeo de Canção da Índia, de Rimsky Korsakow.