segunda-feira, 13 de outubro de 2014

O Cravo Brigou com a Rosa em outro compasso

Quando estudamos a música O cravo brigou com a rosa, ela foi escrita no compasso 3/4, isto é, um compasso ternário em que cada tempo é representado por uma semínima. Vamos apresentar agora O cravo brigou com a rosa em outro compasso.
As figuras que representam a duração das notas musicais têm valores relativos e esses valores dependem do compasso em que se encontram.
No compasso original da música, a semínima vale um tempo, a colcheia vale 1/2 tempo, a mínima vale dois tempos, a mínima pontuada vale três tempos.
Vejam a partitura.














Agora vou apresentar uma nova partitura da mesma música, porém escrita no compasso 3/8, que é um
compasso ternário em que a colcheia vale um tempo.














Nesta nova partitura, a colcheia vale um tempo, como dissemos, a semicolcheia vale meio tempo e a semínima pontuada vale três tempos.

Assim, podem perceber que as figuras de valor das notas musicais têm duração diferente, dependendo do compasso em que se encontram.
Experimentem agora escrever no compasso 3/ 2 a mesma música. A mínima valerá um tempo, a semínima meio tempo e a semibreve pontuada valerá três tempos. Aceitem o desafio e escrevam a música O Cravo Brigou com a Rosa num caderno para música no compasso proposto - 3/2. Apresentarei a resposta na próxima postagem.