quarta-feira, 1 de maio de 2013

A canoa virou



Esta melodia é uma canção popular infantil brasileira.
Ela me lembra o dia em que meu neto foi fazer um rafting com os primos e o tio na cidade de Três Coroas, Rio Grande do Sul. Houve um erro numa curva e a canoa virou, ou seja, o barco capotou e ele saiu flutuando com o colete salva-vidas rio abaixo. Os demais caíram também, mas todos terminaram bem a aventura.
A música é esta:

"A canoa virou/Deixá-la virar/ Foi por causa do Joãozinho/Que não soube remar." Assim diz a letra e o nome do "culpado" vai sendo substituído pelo dos participantes da brincadeira. Nesta música, podemos observar um anacrouse.  O anacrouse ocorre quando a música não inicia no início de um compasso, mas no final. Aqui, ela inicia no último tempo do compasso.Veja que no primeiro compasso há somente um tempo,quando deveria haver dois no compasso 2 / 4. As duas colcheias valem um tempo.
Na execução ao piano ou teclado, a mão direita inicia tocando com o terceiro dedo na nota sol. No terceiro compasso (não contando o anacrouse), o quinto dedo da mão direita deve estender-se para tocar o Dó agudo e, no quinto compasso, isso ocorre novamente para tocar o Ré agudo. A partir daí, usamos o quinto dedo no Ré e o primeiro dedo da mão direita no Sol.


Assista ao vídeo da música:

Identifique na música :
colcheias
semínimas
mínimas
Qual a duração dessas figuras nesta música?
Resposta mais tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário