quinta-feira, 2 de maio de 2013

A canoa virou - num outro compasso



A duração das notas musicais é relativa. A semibreve sempre é o dobro da mínima e a mínima sempre é o dobro da semínima, mas nem sempre a semibreve vale quatro tempos e a mínima dois tempos.
Escrevi a música A canoa virou no compasso 2 / 2. O numeral superior representa o número de tempos no compasso - 2. O numeral inferior representa a figura que vale um tempo no compasso, que é a mínima. O numeral 2 representa a mínima, porque ela equivale a um meio da semibreve.
Vejam como ficou a música neste compasso:

Agora, vamos transformar mais uma vez a música, escrevendo-a em 2 / 8. Continuará havendo dois tempos em cada compasso, mas a figura que vai valer um tempo é a colcheia, representada pelo numeral 8. Escrevi o início da música. Imprima o artigo e continue. Resposta amanhã.
Resposta do teste de ontem, no post A canoa virou
Colcheias: aparecem colcheias do anacrouse ao penúltimo compasso no pentagrama superior ( clave de Sol). Os grupos de duas notas, valendo um tempo o grupo, são grupos de colcheias. A colcheia, nessa música, vale meio tempo.

Semínimas: aparecem do segundo compasso ao penúltimo. São as figuras que valem  um tempo e que aparecem isoladas das colcheias nesses compassos, no pentagrama superior. 

Mínimas: são todas as figuras no pentagrama inferior - exceto a pausa de semínima no anacrouse (início da música) e a figura do último compasso no pentagrama superior. Valem dois tempos nessa música.

Veja:

Nenhum comentário:

Postar um comentário