sexta-feira, 26 de abril de 2013

Tocando "Não atire o pau no gato"

Nesta música, a mão direita vai ficar numa posição diferente daquela que vimos até agora. O polegar ficará inicialmente no Ré na região central do piano (a segunda tecla branca após o Dó central) . Assim, o primeiro Sol será tocado com o quarto dedo da mão direita. Também a mão terá mais mobilidade, porque no quarto compasso o Dó será tocado com o primeiro dedo (polegar) da mão direita e logo adiante o Lá passará a ser tocado com o quarto dedo e o Si com o quinto dedo. No penúltimo compasso, o Mi, deve ser tocado com o terceiro dedo, permitindo que a música termine com o Dó executado com o primeiro dedo da mão direita.
Veja:







A mão esquerda continua com o primeiro dedo na nota Dó e o quinto dedo na nota Fá.



Resultado do teste sobre ponto de aumento:

Primeiro compasso:  
Mínima pontuada - três tempos.
Segundo compasso:
Semínima pontuada - um tempo e meio.
Terceiro compasso:
Duas colcheias pontuadas - três quartos de tempo, cada uma (sabendo-se que a colcheia vale meio tempo nesta música).
Quarto compasso:
Mínima pontuada - três tempos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário